- E se sua filha precisar ir ao médico? Como você vai fazer?

- Bom, minha filha estuda em período integral e meu esposo trabalha a noite. Logo, durante o dia ele ficará a disposição dela. E quando eu chegar do trabalho será a vez dele sair para trabalhar e assim vamos criando a nossa filha de quatro anos.

- Olha, infelizmente não poderemos ficar com você! Se sua filha precisar ir ao médico, você terá de sair do trabalho mais cedo e isso não será bom para a empresa.  Em uma próxima oportunidade te chamamos.
Esse foi o retorno que uma amiga muito querida teve de uma rede de farmácias quando estava à procura de um emprego de balconista. Ela que é formada em RH, além de ter que se submeter a procurar por uma vaga fora da sua formação, foi obrigada a escutar este tipo de retorno da empresa.

Arquivo pessoal
Não se trata de competência, mas sim de uma sentença que nós mulheres sofremos assim que anunciamos que estamos à espera de um bebê.  Entendem agora por que algumas mulheres optam por não ter filhos? Há casos e casos, obviamente, mas esse é sim um dos motivos pelos quais fazem algumas mulheres pensarem duas vezes se vale a pena ou não realizar o sonho da maternidade.

O FILHO É DA MÃE!  E não sou eu quem está falando! É o mundo corporativo que insiste enfiar goela abaixo que nós mulheres não temos condições de administrar a carreira, maternidade e o lar. É foda! Mas é assim que acontece!

www.petitpapillon.com.br
Outra amiga, bancária, sonhou a vida inteira em ter um filho (hoje ela tem um casal). Mas quando ela engravidou do mais velho, ficou o período de licença maternidade seguido de um mês de férias – que é direito dela – ao fim do período foi demitida assim que retornou ao trabalho. Isso após mais de cinco anos servindo a empresa. Qual a desculpa? MATERNIDADE!  Hoje além de ter mais um filho, está em outra empresa e consegue administrar casa, maternidade e carreira tranquilamente.

Falta muita empatia por parte das empresas . Se é que essa é a palavra correta. Por trás de uma criança, geralmente há um casal (o que não é regra, eu sei), que são responsáveis por ela. E mesmo que não haja os dois, o fato de a mãe querer trabalhar é por que ela quer oferecer um futuro digno para sua criança.


Tão óbvio né? Explica para eles (empresa)! Quem sabe dá certo!

Esta é uma pergunta que posso afirmar que TODA PESSOA QUE VIVE UMA VIDA A DOIS JÁ SE FEZ! O sonho do casamento permanece vivo, sobretudo no coração das mulheres que em sua maioria planejam minimamente esta data. Há aquelas que desejam um vestido de princesa, outras os modernos. Tem aquelas que a prioridade é uma orquestra, como foi o meu caso, e não posso me esquecer das que preferem aquela cerimônia mais íntima.  Enfim, mesmo com tantos sonhos, todas nós já nos questionamos se valeu a pena mudar de vida para tentar ser feliz com outra pessoa.

Foto Adriene Miranda
E se você já se fez esta pergunta, quero lhe propor a assistir o filme “Por que Eu Me Casei". Sem spoiler, é claro, o filme conta a história de quatro casais de amigos que todos os anos tiram férias juntos com o objetivo de renovarem os votos matrimoniais. Misturando comédia e romance o filme em que uma das esposas sofre com obesidade, mostra de uma forma nada convencional como manter um casamento. E desta vez, uma surpresa, a presença de uma linda jovem solteira cria situações inusitadas e hilárias, com a revelação de segredos que jamais devem ser revelados entre homem e mulher. É aí que vão ficar evidentes quais são as verdadeiras bases de uma relação duradoura.

Imagem Da Internet
Apesar de o filme ser de 2007, ele se adapta a qualquer momento da nossa vida e traz a seguinte reflexão: Será que vale a pena viver de aparências? Será que vale a pena deixar de resolver um problema a dois e alimentar uma falsa alegria apenas para fazer bonito para os amigos? Será que vale a pena contar seus segredos conjugais para seus amigos?

Vale a pena assistir.  Te garanto que você vai se emocionar e rir demais.  Então, mesmo na era da internet corre na locadora mais próxima, no Youtube (já tem disponível), é até mesmo no Netflix (não sei se já está disponível). 

E uma coisa te garanto: duvido que sua vida será a mesma. Rsrsrsr...

Gostou do texto? Então deixe seu recadinho.

Grande beijo! 

---- Você já me segue nas redes sociais? Não? Então corre lá no Instagram, Facebook e Youtube. É só digitar Euexplussize que você me acha.  -----