Desde a barriga inseri Bella neste universo da música. Já faz parte da nossa vida! Acredito piamente que ela nos permite expressar os mais lindos sentimentos.  Inclusive já gravei um vídeo sobre isso. E se ainda não viu, clique aqui. Inclusive ela já sabe que quando eu ligo uma trilha específica é sinal que está na hora de dormir. De fato música é vida e tem que ser acessível a todos.

E nesta visão de acessibilidade, que o Inhotim promove neste domingo (07/07), um concerto especial com os jovens da Escola de Cordas Inhotim e a Orquestra Jovem Sinfonia Betânia. A apresentação acontece aos pés da centenária árvore Tamboril, das 11h às 12h. Lá, o público poderá ver o fruto de um trabalho de intercâmbio entre os dois grupos, realizado ao longo do primeiro semestre deste ano. Entrada franca!

Foto : Inhotim
A Escola de Música Inhotim reúne três turmas que proporcionam uma formação musical gratuita aos moradores da região de Brumadinho. No total, são 135 alunos.

Foto : Inhotim
Na Escola de Cordas, 80 jovens de 10 a 18 anos de idade aprendem instrumentos sinfônicos como violino, violoncelo, viola e contrabaixo acústico. Os participantes são prioritariamente estudantes da rede pública de ensino e residentes de Brumadinho e municípios ao redor. Os encontros acontecem de terça a sexta, possibilitando ao grupo um contato direto com o acervo do Inhotim e com toda a programação desenvolvida no Instituto.

As aulas de Experimentos Musicais acontecem às terças-feiras, para 20 crianças de 8 a 10 anos. Por lá elas têm os primeiros contatos com a música e atividades de iniciação musical. Já as aulas de Vozes e Canto são realizadas aos sábados, com a participação de 35 pessoas com mais de 18 anos. Alguns já têm experiência em canto em corais e agregam essa vivência ao repertório de músicas populares.

Vale a pena conferir!

Mais informações: Instituto Inhotim
Rua B, 20 – Brumadinho/MG.
31 3571-9700 | 31 3194-7300



Passada a saga do melhor perfil de festa, chegamos à bendita lista de convidados. Por nós mesmos, convidaríamos o mundo inteiro, mas a realidade é outra, né minha gente? No chá da Bella, por exemplo, convidamos cerca de 110 pessoas.  Faltaram umas cinco, no máximo.   Então poderíamos simplesmente pegar esta mesma lista e convidar as pessoas, não é?  Na teoria sim, mas na prática não.

Por que infelizmente apenas algumas destas pessoas participaram deste primeiro ano da Bella.  E no fundo a gente espera mais das pessoas.  Óbvio que não foi motivo para que me afastasse delas, mas serviu para que hoje eu pudesse (com a mente mais leve), escolher a dedo quem eu convidaria para o niver da dela sem culpa alguma.

Imagem da internet
Aí gente, é que neste momento precisamos de alguém para nos nortear. Uma pessoa  a parte da situação para nos situar  no quesito convidado x espaço. Foi aí que conheci a Cibele, da Bele Festas. Todo e qualquer tipo de decoração que você imaginar ela faz. Basta você sonhar que ela embarca com você. Mas isso eu vou deixar pra contar mais a frente. Voltemos à lista.

Gente! Foi a época em que podíamos chamar a criançada da rua toda, seguido dos familiares e amigos sem um controle de convidados. Nos anos 80 e 90 isso era muito comum. Aonde se comia um, comiam dois. Hoje não é mais assim. Cada boquinha tem um custo, mesmo que a festinha seja na sua casa. Então, sentei com o Alisson e resolvemos fazer a dita lista na base da eliminação. E isso incluiria parentes não próximos.

Nada de pensar que fulano que veio visitar no 1º mês e nunca mais mandou mensagem, deveria ser chamado. Não! Nossa lista está baseada na convivência, mesmo que em alguns casos, à distância, no parentesco com ela (avós, tios, padrinhos e primos mais próximos), e nos amigos mais chegados que irmãos. Alguns deles têm filhos, mas não foi critério de avaliação. Mesmo por que ela (Bella), ainda não sabe brincar da mesma forma que os coleguinhas grandinhos.

Acredito que depois do aniversário dela, algumas pessoas irão se afastar, mas aí é questão de maturidade desta pessoa. Se não tiver o suficiente para entender que alguns fatores NA VIDA devem ser considerados, e que o fato do não convite não é sinal de não gostar... aí é fim de amizade na certa.

Então, papai e mamãe, se vocês também estão neste dilema de montar a lista de convidados, está aí a forma que utilizamos. Mas de antemão estejam preparados para caras e bocas insatisfeitas. Faz parte! E é importante ressaltar que  convidado não convida! Sob hipótese alguma, viu? 

E já que estão por aqui, eu quero saber de vocês quais os conteúdos que vocês querem que sejam abordados aqui no blog. Deixem nos comentários ou envie um e-mail para euexplussize@gmail.com .


Uma grande beijo!

Sabemos que assim como nós adultos os bebês passam por diversas fases na vida. E uma delas  é a chegada dos dentinhos que muitas vezes aparecem precocemente. Com Bella os dois primeiros apontaram quando ela tinha cinco meses. E graças a Deus foi mais tranquilo do que imaginei. Houve sim um leve incômodo para o dentinho rasgar a gengiva, mas nada perto do que muitos bebês enfrentam (diarreia, febre...).

arquivo pessoal
A partir daí muitas dúvidas me assombraram. Seria necessário neste primeiro momento procurar um odontopediatra? Já era hora de escovar? Usar creme dental? Mudar a alimentação? Bebê também pode ter cárie? Quais os mitos e verdades sobre este assunto? 

Eu conversei com a Dra. Renata Amorim, cirurgiã dentista, especialista em implantodontia. Que me tirou essas e outras dúvidas e vocês podem conferir agora.

EuExPlusSize: Quando deve acontecer a primeira visita ao dentista?

Dra. Renata: Após o primeiro ciclo de vacinas do bebê para que o odontopediatra oriente os pais sobre os cuidados a serem tomados para prevenir qualquer doença e favorecer o desenvolvimento do bebê.

EuExPlusSize: A partir de qual idade é indicado a escovação?

Dra. Renata: A higiene bucal deve ser iniciada mesmo antes de ter nascido o primeiro dente do bebê com o uso de gaze umedecida em soro fisiológico ou água filtrada após cada mamada. A partir do terceiro mês deve ser usada dedeira para a higiene. Já as escovas dentais devem ser introduzidas ao nascer o primeiro dente de leite.

EuExPlusSize: É verdade que o leite materno causa cárie?

Dra. Renata: O leite materno possui açúcar em sua constituição, mas ele por si só não causa a cárie dentária. Não há evidências científicas de que o aleitamento materno cause a cárie.
Para que ocorra a cárie, deve haver a presença de placa bacteriana, que é um ‘filme’ composto de proteínas da saliva e bactérias, que se deposita nos dentes. Essas bactérias metabolizam o açúcar presente na boca e geram substâncias que corroem a estrutura dentária, desenvolvendo a cárie dentária.
A amamentação no seio associada à alimentação ou mamadeira em livre demanda e a amamentação noturna favorecem o aparecimento de lesões de cárie já que há a presença de um alimento cariogênico (o leite), as bactérias da placa bacteriana aderida aos dentes e o intervalo de tempo sem que ocorra a higiene bucal.

EuExPlusSize: Qual a dosagem, o tipo de creme dental e escova uma criança deve usar?

Dra. Renata: As crianças devem usar escovas de cabeça compacta e cerdas super macias. Existem no mercado diversas marcas com tamanhos específicos para cada idade. O creme dental deve ser sem flúor para crianças que ainda não aprenderam a cuspir. Já as que já conseguem cuspir até as crianças de até seis (seis) anos, deve-se buscar marcas de creme dental com 500PPM de flúor na sua composição. Para crianças menores, a quantidade de pasta não deve ser superior a um grão de arroz. Já crianças que conseguem cuspir, pode-se usar uma ervilha como referência da quantidade de creme dental.

imagem da internet

EuExPlusSize: Quais as doenças mais comuns acontecem com as crianças por falta de higienização bucal ou até mesmo, pela higienização precária?

Dra. Renata: A cárie dentária e a gengivite.

EuExPlusSize: Quando uma criança perde o dentinho fora da época (seja por acidente ou falta de cuidados), ela tende a ficar banguela por muito tempo? Por quê?

Dra. Renata: Ao perder um dente de leite fora da época correta, independente se foi por mau cuidado ou acidente, o espaço fica aberto até que o dente permanente ocupe o espaço do dente perdido. Deve-se sempre fazer uma consulta com odontopediatra para avaliação da necessidade de se usar um mantenedor de espaços-tempos que previne a movimentação dos dentes adjacentes ao dente perdido.

 
EuExPlusSize: Quais os mitos e verdades mais comuns em relação à saúde bucal das crianças? 

- Dente de leite não está sujeito a cárie ter cárie

Dra. Renata: Mito! O dente de leite tem a mesma estrutura que o dente permanente, polpa, detinha e esmalte. Dessa forma, o acúmulo de placa bacteriana no dente decíduo ou de leite pode levar ao desenvolvimento da doença cárie.

imagem da internet


- Só devemos começar a higiene bucal de crianças depois que aparecem os primeiros dentes.

Dra. Renata: MITO! a boca do bebê deve ser higienizada a cada mamada para evitar a proliferação de bactérias e desenvolver na criança desde cedo o hábito de higiene bucal.

- O aleitamento materno interfere no desenvolvimento da face do bebê

 Dra. Renata: VERDADE!  Ao encostar a boca no seio da mãe para mamar, cria-se um vácuo para a criança conseguir puxar o leite e os movimentos que ele faz para mamar auxiliam no desenvolvimento dos ossos da face da criança.

-Crianças só devem ir ao odontopediatra se tiverem dor.

Dra. Renata: MITO! A consulta com o odontopediatra vai muito além de tirar a dor das crianças. O dentista especialista em crianças trabalha com prevenção, aconselhamento, instrução e motivação de higiene oral, tratamentos curativos das doenças já instaladas, tratamentos interceptativos no desenvolvimento da face da criança e orientações aos pais sobre o desenvolvimento geral da boca e dentição da criança.

- Existem alimentos que são contraindicados para criança em relação a dentição? Ex: coloral... café...

Dra. Renata: Mito! Alimentos e bebidas com açúcar, que sejam pegajosos, que sejam ácidos devem ser evitados, mas não proibidos. Investir numa alimentação equilibrada é a melhor opção. O mais importante é caprichar na higiene bucal.

EuExPlusSize: Endocardite é uma doença que atinge somente adultos ou crianças também?

Dra. Renata: A Endocardite bacteriana é uma infecção bacteriana que ocorre no coração. As bactérias de uma infecção em outra área do corpo caem na corrente sanguínea e atingem o coração onde causam a doença. Pode ocorrer em adultos e crianças, desde que haja algum acometimento cardíaco como, por exemplo, um defeito cardíaco. O risco aumenta em procedimentos que há presença de sangramento.

EuExPlusSize: Qual a idade ideal para uma criança começar a usar aparelho ortodôntico?
Dra. Renata: Não existe uma idade específica para o início do tratamento ortodôntico em crianças. Tudo vai depender da posição dos dentes nas arcadas e da formação óssea da criança. O aparelho em crianças não necessariamente é com o uso de aparelhos fixos. Na maioria das vezes, a criança é submetida a um tratamento ortopédico que vai direcionar o crescimento dos ossos da face da criança, o que vai favorecer a correta posição dos dentes na arcada. Algumas crianças, depois do tratamento com ortopedia funcional dos maxilares, deve usar o aparelho fixo para corrigir a posição dos dentes.


Confesso que como mãe de primeira viagem, depois desta conversa fiquei mais aliviada.  E você? Deixe seu comentário ou me mande um e-mail euexplussize@gmail.com . Me fale o que vocês acharam e, até mesmo, quais assuntos vocês querem ler aqui no blog.

Ah! E se você quiser tirar mais dúvidas com a Dra. Renata e conhecer mais o seu trabalho, é só entrar em contato com ela:

Dra. Renata Rabelo Amorim Rezende
(31) 3492-1157 

Grande Abraço.
Enfim o mês de Junho chegou! Bella está quase completando o seu primeiro ano. E uma das coisas que já comecei a escutar foi: “Ah! Não faz nada não, pois criança de um ano não curte nada”.  Sim, nós (mães), temos a capacidade de planejar (se possível), até mesmo a festa de 15 anos nossos filhos quando eles ainda nem foram gerados    em nosso ventre. Não sei vocês, mas eu tenho uma forma de pensar um pouco diferente: no nosso caso além de ser um sonho é uma vitória, por que vocês que me acompanham sabem o que nós passamos para termos um bebê. Logo, além de celebrar o primeiro ano de vida dela nos nossos braços, será uma grande vitória sobre a infertilidade.
imagem da internet
E depois de muito pensar decidimos que vamos sim celebrar este primeiro ano com tudo que temos direito dentro da nossa realidade, é claro! E eu acredito que festa de criança não tem uma regra a ser seguida vai de acordo com o sonho e condições dos pais. Para uns o famoso bolo com refrigerante - como era antigamente - é uma excelente opção, para outros a realização de contratar um buffet com diversos brinquedos e atrações é o melhor a ser feito. E como somos marinheiros de primeira viagem eu pedi ajuda de vocês no meu Instagram em uma enquete do que seria mais viável.

É claro se eu já estava pesquisando, mas contei com o apoio de muitas mamães sobre o que é mais vantajoso: fazer festa em buffet ou por conta própria. E acreditem, a enquete ficou meio a meio. Colocando na ponta do lápis chegamos a conclusão que será melhor realizarmos uma festinha por conta própria do jeito que nossas mães faziam, sabe? É mais trabalhoso? Sim! Mas pelas nossas contas, apesar de sair mais barato é mais cansativo no quesito organização.

Então tiramos este último final de semana para pesquisar lugares e iniciarmos essa corrida contra o relógio, por que acreditem temos DIAS para realizar esse aniversário.  O primeiro passo foi listar o número exato de convidados. Sem abrir exceções.  Até amanhã definiremos o lugar e por último, e não menos importante a decoração. Que por sinal tem dado muiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiito trabalho (rsrsrsrs...).

Sendo assim, convido vocês para entrarem nesta corrida comigo. E de antemão já peço help! Por que preciso de indicações de fornecedores de salgados, garçons, aluguel de mesas e cadeiras, , docinhos, bolo, lembrancinhas... gente! Socorroooooooooooo! Me ajudem nessa!


Um grande beijo, e aguardo sugestões por e-mail ou nos comentários, viu?

Você já passou pela experiência de ser elogiada por inúmeras pessoas por uma determinada situação ou feito, e você valorizar APENAS as meia dúzias de opiniões que foram contrárias aos elogios?  Eu já! Ontem por exemplo, aconteceu uma situação um tanto quanto chatinha. Postei uma foto no meu Instagram - @euexplissize - e enviei para varias pessoas. Dentre estas, escolhi um grupo de amigos informando a diferença entre uma foto e outra. De todos do grupo, apenas duas pessoas comentaram e, nos seus direitos, responderam: “Não vi diferença alguma!”. Em um primeiro momento eu achei que estavam brincando. Mas não, não estavam.

Foto : My Fotografia Autoral | Look : Mellicotá

É claro que na hora eu fiquei triste, confesso. Por que eu sempre busco valorizar e estimular as pessoas. Mas depois parei para pensar que não tem nada demais uma, duas, ou mais pessoas não concordarem com o que você está vendo ou dizendo. Isso se chama divergência de opinião.  E ela não pode tirar de você a certeza que você tem de estar no caminho certo. Isso é maturidade. Que também se aprende ao saber lidar com este tipo de situação.

Fotomontagem enviada aos amigos... esquerda (2018) e direita (2019)
Tudo isso por que no último domingo eu fiz um ensaio fotográfico com a Bella e fiquei extremamente apaixonada. Por que vocês que me acompanham sabem tudo o que passei para ter minha filha nos meus braços. E se você ainda não sabe clique aqui.

E para registrar um pouco da nossa história, ninguém melhor que um profissional que entenda o grau de importância que aquele momento tem para você. E foi aí que eu conheci a Mylene e o Arthur, da My FotografiaAutoral. Que me cativaram com uma frase que é o lema de trabalho deles: “momentos não possuem preços, mas sim valores”.

Gente eu fiquei tão à vontade... Tão irradiante, que eu me esqueci que estava posando para até então uma pessoa desconhecida. E a Mylene – que registrou nossos momentos – além de direcionar o ensaio, me orientou quanto à combinação de cores e estilo de roupas minhas e da Bella, para que houvesse harmonia entre nós. Sem contar que ela é a paciência em pessoa e conduz tudo de forma bem leve e dinâmica.

Foto: My Fotografia Autoral | Look: Mellicotá
Foto: My Fotografia Autoral | Look: Melicotta
Então, se você está em busca de um profissional que tenha estes predicados e que sejam especialistas em fotos e filmagens de aniversários, ensaios, viagens, eventos empresariais ou esportivos, já encontrou! Inclusive serão eles que irão fazer toda cobertura do aniversário da Bella. Mas isso é assunto para outro post. 

.Aguardem!

Ah! Vou deixar os contatos deles aqui para vocês conhecerem um pouco mais do lindo trabalho que eles fazem. Grande beijo!

My Foto Autoral:
Fone/Zap: (31) 99610-6313 | (31) 97154-2017
Instagram: @myfotoautoral




Gente eu demorei para contar para vocês por que a luta está árdua. Já se foram 17 quilos (obaaaa....)! Eu aqui prossigo no foco com alguns deslizes, porque alimentação saudável tem que se tornar um hábito. O que é difícil, mas não é impossível. Difícil por que naturalmente criamos hábitos alimentares que pessoas como eu – que sofre com ansiedade – chega a sentir abstinência pela falta daquele alimento.

Mas o que quero compartilhar com vocês é como alcançar uma meta (no meu caso parte dela kkk...), eleva a nossa autoestima. Como se sentir bem faz a gente ficar empoderada. Volto a dizer: no meu caso é sobre emagrecer; no seu pode ser arrumar os dentes, engordar, cortar o cabelo, trabalhar no emprego dos sonhos, não importa!

No último sábado eu fui madrinha de casamento do meu sobrinho. A cerimônia, seguida de festa foi no pôr-do-sol em um sítio. Para realizar o sonho da noiva, ela pediu que todas as madrinhas fossem com vestidos longos e na cartela de cores rosa bebê. Ou seja, uma cor clara que geralmente não favorece o corpo acima do peso.

Daí eu procurei a estilista e modelista Ivanilda França, do Atelier Ivanilda França, (que também trabalha com modelos Plus Size), para me ajudar. Dentre os modelos que ela tinha, ela me sugeriu um modelo sereia. Logo pensei: Como usar sereia estando acima do peso?
Arquivo Pessoal
E não é que ficou top?  Na primeira prova do vestido (foto abaixo) é perceptível que não ficou legal. Bom, eu particularmente não gosto. Já na segunda alguns quilinhos a menos o caimento ficou muito melhor.
Apesar de ainda ter aquela salienciazinha na barriga, não precisei usar cinta e muito menos photoshop.  Sim, a foto é de celular e se vocês perceberem a barriguinha tá ali. Menor, mas está ali.

Arquivo Pessoal
Então, se você é Plus Size e precisa de um vestido de festa, corre lá na Ivanilda que ela tem o vestido ideal para você. E se você não é gordinha, aproveite também que  ela tem muitas opções de vestidos que vão te agradar. Além de talentosa, ela já ganhou alguns prêmios no Minas Fashion Week. Daí você imagina o nível e competência, não é? Corre lá!

Arquivo pessoal
Atelier Ivanilda França – Rua Rio Elba, 599, Novo Riacho – Contagem /MG.
Tel: (31) 3396-2340


Grande Beijo!

E neste mês em que comemoramos o Dia das Mães e o Dia da Família, quero falar como se sente uma tentante nesta época: angustiada, triste, desesperada, sem colo, incompreendida (por muitos), e cansada de ouvir : “calma, ano que vem é você", ou "por que você não adota"?

O que quero dizer é que a tentante NÃO QUER A SUA DÓ; A SUA INDIFERENÇA; QUE VOCÊ LEVANTE SOLUÇÕES SUBSTITUÍVEIS COMO ADOTAR UMA CRIANÇA OU UM ANIMAL...
O que muita das vezes ela quer além de ter o  seu filho nos braços, é claro, é que você respeite a sua dor de falar 1000 vezes que quer ter um bebê. Mesmo que você não acredite que ela vá conseguir. Empatia pela dor alheia é importante! Sororidade, minha gente!
Arquivo Pessoal
Sendo assim, tentante, NÃO DESISTA! VAI DAR CERTO!  Deu pra mim e vai dar pra você! Eu não desisti! Tenha fé!

Eu orei... e como orei. Eu tinha certeza que meu bebê chegaria.  A medicina me dizia não, mas Deus me dizia sim. Eu achava que seria menino de tanto palpite alheio. E qual a surpresa? Minha Luísa, Isabella Luísa. Chorei... e como chorei! Chorei ao descobrir a gravidez, chorei (e muito) na ameaça de aborto,  quando descobri que seria Bella, quando ela nasceu por ela existir... por me amar! Choro ao escrever este texto.

Eu só agradeço por ser minha. Por ser minha filha, por me amar assim: tão falha. Te amo! E obrigada por hoje. Meu 1° de muitos mês das mães! Te amo até no céu!